QUAL A PEDRA IDEAL PARA SUA BANCADA?

 

Definir o material certo para fazer a bancada do banheiro ou da cozinha é uma escolha que gera muitas dúvidas. São muitas opções, que envolvem diversos materiais e custos muito diferenciados. Além disso, em função do uso, o material tem que ser escolhido adequadamente, pois nem todos são indicados para qualquer função. Pensando nisso fizemos uma lista com as várias opções existentes e suas características principais, permitindo uma visão geral desse universo de materiais tão importantes na composição de um ambiente. Veja abaixo:

  1. MÁRMORE – Bem conhecido é o material mais usado comumente em bancadas de banheiros. Existe uma imensa variedade, já que é encontrado em quase todas as partes do mundo. Por ser pedra natural possui baixa resistência à abrasão, e é sujeito à absorção, podendo manchar quando exposto à produtos químicos. Por isso não é indicado para ser usado em cozinhas e áreas de serviço. Mas por sua beleza e grande variedade de cores e acabamentos, acabam sendo a opção mais utilizada em banheiros, podendo até revestir paredes e pisos em geral. É comercializado em placas de aproximadamente 20mm de espessura e permite a confecção de cubas esculpidas. Os preços que variam muito, entre nacionais e importados, de R$ 200,00 a R$ 2.000,00 / m2.
  1. GRANITO – Também muito conhecido, é bastante usado em bancadas de banheiros e cozinha. É extraído em várias partes do planeta e tem grande variedade de cores e texturas. Mais resistente que o mármore pode ser utilizado em bancadas de cozinha, pisos e paredes. Porém, por ser pedra natural, também está sujeito à riscos, absorção de produtos e manchas diversas. Alguns granitos são bem mais resistentes que outros, e por isso mais adequados para o uso em bancadas de cozinha, tampos de balcões e pisos de grande circulação. Os mais indicados para bancadas de cozinha, por serem mais resistentes e terem menor grau de absorção, são o Preto Absoluto, Preto São Gabriel, Marrom Absoluto, Ás de Paus, Verde Ubatuba, Capão Bonito, entre outros. Todos os granitos podem ser usados na cozinha, porém muitos deles com o uso, principalmente os mais claros, começam a apresentar manchas e desgaste na superfície. São comercializados em placas de aproximadamente 20mm e permitem a confecção de cubas esculpidas. Tem preços entre R$ 200,00 e R$ 800,00 / m2.
  1. SILESTONE – Material industrializado composto de 94% de quartzo e 6% de resina, é uma marca com origem na Espanha. Por ser material sintético é extremamente resistente e pode ser usado tanto em bancadas de cozinha como de banheiros. Tem vasto padrão de cores e acabamentos, podendo ser brilhante ou fosco. Mesmo as pedras com as cores mais claras podem ser usadas na cozinha pois o produto possui alta resistência a manchas, ácidos e impactos. Além disso possui uma proteção bacteriostática, que evita a propagação de bactérias, efeito muito desejado em cozinhas. Tem grande impacto na decoração, pois apresenta em torno de 80 opções com cores vibrantes e acabamentos diferenciados que dão possibilidade de criar projetos Vendido em placas de aproximadamente 20mm de espessura, também permite a confecção de cubas esculpidas. O Preço varia de R$ 1.200,00 a R$ 2.900,00 / m2.
  1. QUARTZ0 STONE – Material industrializado produzido a partir de quartzo natural. Tem as praticamente as mesmas propriedades que o Silestone. Apresenta mais de 100 cores e é fabricado em placas de 12mm, 15mm, 18mm, 20mm e 30mm, embora a mais comercializada seja a de 20mm. Vem sendo muito utilizado em projetos de interior em lugar do Silestone, por ter preço mais baixo e oferecer as mesmas vantagens técnicas. O custo varia entre R$ 1.200,00 e R$ 1.800,00 / m2.
  1. CORIAN – Produto industrializado, de origem norte americana, é composto de 70% de minerais naturais e 30% de resina acrílica. Indicado tanto para bancadas de cozinha como de banheiros. Apresenta em torno de 28 cores. É muito especificado por arquitetos e designers, por sua beleza e plasticidade. Permite moldar peças em curva e com as mais variadas formas. Diferente dos materiais já citados nos itens anteriores, o Corian pode ser montado com emendas imperceptíveis, o que permite que a saia, o frontispício e a cuba de uma bancada formem uma peça única e uniforme. Por não ter emendas é muito usado em armários clínicos de consultórios e hospitais, pois não acumula resíduos nos cantos e facilita a higienização. Pela composição com 1/3 de resina, o Corian pode sofrer queimaduras com cigarro ou panelas quentes. Porém, se danificado, pode ser reparado por profissionais especializados e ficam totalmente revitalizados, como se novos fossem. Fabricado em placas de várias espessuras (12mm, 6mm, 3mm), apresenta translucidez que permite criar efeitos de luz em diversos projetos. O preço varia em torno de R$ 2.500,00/m2.
  1. NANOGLASS – Pedra industrializada que leva cristais de vidro, entre outros minerais, em sua composição. Indicado apenas para banheiros e tampos secos, pois apesar de resistente, arranha e pode perder o brilho quando exposto à produtos químicos. Tem belo acabamento vitrificado, e cor de um branco puríssimo, que permite projetos leves e fácil coordenação com outros materiais. O preço é em torno de R$ 1.500,00 / m2.
  1. AGLOSTONE – Produto industrializado composto de 95% de partículas de mármore e 5% de resina de poliéster. Tem baixa absorção de água e alta resistência a impactos e riscos. Recomendado apenas para bancadas de banheiros, podendo revestir paredes e pisos. Tem pouca variedade de cores e padrões, limitando a especificação em projetos mais diferenciados. Apresentação em placas de 2cm. O valor é em torno de R$ 1.000,00 / m2.